sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Sincronicidade

Sincronicidade

Por Thiago Leite

Muitas vezes ocorre de encontrarmos uma pessoa logo após pensarmos nela. Surpreendem certas ocasiões em que sonhamos com alguém que há muito tempo não vemos e, pouco tempo depois, temos notícias dela ou a avistamos em algum lugar. Muitas pessoas, quando estão em meio a uma pesquisa ou um problema, passam pela experiência de se deparar com uma solução ou uma grande ajuda repentina, como se esta “caísse do céu”.

Mas não há nada de místico nesse fenômeno, nem se trata de providência divina. Todos nós passamos por isso várias vezes na vida Além disso, quando estamos bem atentos, percebemos que é muito mais comum do que estamos acostumados a acreditar.

Consideramos que a consciência (a pessoa) se manifesta através de energias mais ou menos sutis (algumas podem ser percebidas pelos 5 sentidos, como é o caso da matéria, e outras só são perceptíveis através de sentidos extrafísicos como a clarividência). Também levamos em conta que essas energias estão em constante trânsito no universo, chocando-se e transformando-se naturalmente (energia imanente) ou pela intervenção das consciências (energia consciencial),

Essa intervenção consciencial se dá pela manifestação básica da consciência, que ocorre na indissociabilidade de três elementos: pensamento, sentimento e energia (ou seja, pensene). Todo ato, aconteça ele no íntimo da consciência ou através da interação física e energética, traz automaticamente os três elementos. Os pensamentos repercutem ao nosso redor e, como toda ação física, provocam reações e respostas, sejam do ambiente, sejam de outras consciências.

Dessa forma, todas as pessoas estão interconectadas por energias e tudo no universo está relacionado, ou seja, qualquer mudança repercute em larga escala, mesmo que imperceptivelmente. Nossos pensamentos e sentimentos podem ser decodificados por outras consciências, a longa distância, através da reverberação de nossas energias.

Quando pensamos bem dos outros e empreendemos um trabalho assistencial e cosmoético (através de uma ética universalista), outras pessoas se prontificam a ajudar, mesmo que inconscientemente. Em especial, os amparadores extrafísicos (consciências que estão no período entre uma vida humana e outra e não se manifestam com um corpo físico, técnicos em assistência e tarefa do esclarecimento) nos ajudam com insights, orientações e energias. Essa ajuda também promove encontros e reencontros de pessoas, que podem gerar melhores resultados através da sinergia.

A iniciativa pessoal, com intenção e vontade positivas, faz com que nos integremos a trabalhos assistenciais maiores. Nesse processo, descobrimos naturalmente, através da teática (teoria e prática), quais são nossos verdadeiros talentos e sua utilidade para o bem-estar e evolução dos outros. Quando começamos a desenvolver esses talentos em prol da assistência maxifraterna, o universo passa a conspirar a nosso favor.

É difícil separar, nessa engrenagem mais ampla, as causas e efeitos. Toda ação e reação acontecem de modo sincrônico. Saber aproveitar as oportunidades no fluxo dos acontecimentos e de acordo com as necessidades com que nos deparamos, aliadas a nossas potencialidades assistenciais, nos torna mais integrados no maximecanismo das inter-relações conscienciais.

Quanto mais estivermos em harmonia com o universo, mais os acontecimentos ao nosso redor estarão conectados e com mais fluidez no manifestaremos. Perceberemos melhor as sincronicidades, que serão encaradas como sinais das oportunidades evolutivas e dos desafios assistenciais a enfrentar.

Você já percebe as sincronicidades em sua vida? Considera-as como mera coincidência ou como consequência de um mecanismo multidimensional? Você consegue utilizá-las a favor dos outros e de si mesmo?

FONTE: http://intercampi.org/2011/05/27/artigo-sincronicidade/