terça-feira, 1 de outubro de 2013

SOLIDÃO SÓ EXISTE PARA QUEM SE AUTOABANDONA

SOLIDÃO SÓ EXISTE PARA QUEM SE AUTOABANDONA
_____________________________________________________

Solidão não é quando falta alguém ao seu lado. Solidão é a falta que você sente de você mesmo.
Quando você necessita estar rodeado de pessoas o tempo todo e se sente muito mal quando está só, isso acontece porque você não é uma boa companhia para você.
Quando você se ama e gosta de estar com você, fazer um pudim, assistir a TV, ler um bom livro se tornam atividades extremamente prazerosas e gratificantes.
Mesmo as pessoas que se amam precisam de um tempo sozinhas, isto é, para estarem consigo próprias sem a companhia de quem ama.
Diga a quem você ama: farei uma viagem... Passarei um final de semana fora... Desejo um tempo para um autoencontro. Ou então, tenha seu horário de leitura, de lazer, de hobby e faça a pessoa amada compreender que você tem um compromisso diário e interminável com a pessoa mais importante de sua vida: você mesmo.
Existe solidão a dois, a três, a dez... Pessoas que apenas teatralizam uma companhia...
Não culpe a ninguém pela sua solidão. Solidão é assunto pessoal e não da responsabilidade do outro.
Solidão é um capítulo da triste doença do autoabandono.
Seja seu melhor amigo (a), tenha seu espaço, cuide de você.
Ser uma boa companhia para você mesmo é apenas um dos infinitos caminhos do autoamor. Estar sozinho é muito diferente de estar solitário...

Ame-se, cuide de você.