sexta-feira, 10 de junho de 2016

A FORÇA DE VONTADE

A FORÇA DE VONTADE O PODER DA VONTADE,  NA VISÃO ESPÍRITA DE LÉON DENIS, filósofo e Apóstolo do Espiritismo

"As causas da felicidade não se acham em lugares determinados no espaço; estão em nós, nas profundezas misteriosas da alma, o que é confirmado por todas as grandes doutrinas. "O reino dos céus está dentro de vós", disse o Cristo. O mesmo pensamento está por outra forma expresso nos Vedas: "Tu trazes em ti um amigo sublime que não conheces". A sabedoria persa não é menos afirmativa: " Vós viveis no meio de armazéns cheios de riquezas e morreis de fome à porta." ( Suffis Ferdousis ) É na vida íntima, no desabrochar de nossas potências, de nossas faculdades, de nossas virtudes, que está o manancial das felicidades futuras. Gastamos a vida em coisas banais, improfícuas: percorremos o caminho da existência sem nada saber de nós mesmos, das riquezas psíquicas, cuja valorização nos proporcionaria gozos inumeráveis. Por que meio poremos em movimento as potências internas e as orientaremos para um ideal elevado? Pela vontade! Os usos persistentes, tenazes, desta faculdade soberana permitir-nos-á modificar a nossa natureza, vencer todos os obstáculos, dominar a matéria, a doença e a morte. É pela vontade que dirigimos os nossos pensamentos para um alvo determinado. É preciso saber concentrar, por o pensamento acorde com o pensamento divino. Então a alma humana é fecundada pelo Espírito divino, que a envolve e a penetra, tornando-a a realizar nobres tarefas, preparando-a para a vida do Espaço, cujos esplendores ela, enfraquecidamente, começa a entrever desde este mundo. Aprendamos, pois, a servir-nos de nossa vontade e, por ela, a unir nossos pesnamentos a tudo o que é grande, à harmonia universal, cujas vibrações enchem o espaço e embalam os mundos. A vontade é a maior de todas as potências; é, em sua ação, comparável ao imã, A vontade de viver, de desenvolver em nós a vida, atrai-nos novos recursos vitais; tal é o segredo da lei de evolução. O princípio da evolução não está na matéria, está na vontade, cuja ação tanto se estende na ordem invisível das coisas como à ordem visível e material. O princípio superior, o motor da existência, é a vontade. O que importa, acima de tudo, é compreender que podemos realizar tudo no domínio psíquico...quando se exerce de maneira constante, em vista de alcançar um desígnio conforme ao Direito e à Justiça. É o que se dá com a vontade...que mina devagar e silenciosamente todos os obstáculos. A vontade, a confiança e o otimismo são forças preservadoras, outros tantos baluartes opostos em nós a toda causa de desassossego, de perturbação, interna e externa. Bastam, às vezes, por si sós, para desviar o mal; ao passo que o desânimo, o medo e o mau-humor nos desarmam e entregam a ele sem defesa. O simples fato de olharmos de frente para o que chamamos o mal, o perigo, a dor, a resolução de afrontarmos, de os vencermos, diminuen-lhes a importância e o efeito. O pessimismo, torna fraco; o otimismo torna forte. Demais, foi esse - em todos os tempos e com formas diversas - o princípio da saúde física e moral. Cada alma é um foco de vibrações que a vontade põe em movimento. Querer é poder. O poder da vontade é ilimitado...tudo o que de bem e bom desejar há de, mais cedo ou mais tarde, realizar-se inevitavelmente..., quando seu pensamento se puser de acordo com a Lei Divina. E é nisso que se verifica a palavra celeste: " A Fé transporta montanhas " Minha vontade chama-me: " Para frente, sempre para frente, cada vez mais conhecimento, mais vida, vida divina." Sabei que todo homem pode ser bom e feliz; para vir a sê-lo basta que o queira com energia e constância. Dirigi incessantemente vosso pensamento para esta verdade: - que podeis vir a ser o quiserdes. E sabei querer ser cada vez maiores e melhores. Tal é a noção do progresso eterno e meio de realizá-lo; tal é o segredo da força mental, da qual emanam todos as forças magnéticas e físicas. Quando tiverdes conquistado este domínio sobre vós mesmos, não mais tereis o que temer os retardamentos nem as quedas, nem as doenças, nem a morte; tereis feito de vosso "eu" inferior e frágil uma alta e poderosa individualidade!" ( texto extraído do livro "O Problema do Ser, do Destino e da Dor", de Léon Denis, editora da FEB )como ganhar dinheiro na internet